26 de abr de 2010

Happy hour


Chegou do trabalho mais cedo
Pendurou no cabide o casaco e o medo
do assalto, do tiro, do soco, da epidemia
Da solidão, do salto do tempo que o cabelo já denuncia

Desabotoou a camisa, tirou os sapatos
E na cama vazia deu-se conta dos fatos
Da ausência de companhia pra dividir os trapos
Da decadência do dia-a-dia, da sua falta de trato

Acendeu um cigarro pra aliviar o stress
Bebeu a cerveja como se fizesse uma prece
Pra Cristo, Alá, Javé, Buda
Ou qualquer outro santo que lhe acuda

Ligou a TV
Noticiário
Economia, política, futebol...
e o povo sempre otário
CPI em Brasília, gol do Romário
vida em Marte...
Qualquer conto do vigário

Hoje alguém ganhou na loteria
Sua sorte bem podia ser aquela...

- Boa noite!

Começou a novela.


Por Amanda SchArr


Share/Bookmark

4 comentários:

Adriana Gehlen disse...

muito bom.

Tânia regina Contreiras disse...

Bom, muito bom! Estou de olho em vocês!!! rsrs

abraços

Nathi disse...

muito bom e perfeitamente vivenciado neh?
adorei o blog!

Fani disse...

Tirou uma foto: fotografou sua vida.
Adorei Amanda ;*