10 de mai de 2010

Brota um olho novo



Riscamos com giz uma noite cálida.
Assim ficou, pois da tua cama nasciam Renatos, Ataulfos, Chicos, Marcelos...
...e tantos outros que semeavam a mesma noite fria.

Do universo que surgiu pouca coisa ficou colorida.
Pelas calças na rua ou pelos sorrisos na televisão nos enganamos pelos goles falsos.
Não adianta.
Parece querer alienar a sacanagem;

O brotar do olhar passa por experiências como essa.
Fuga, ternura e descompasso.
Menos humano, mais palhaço.


produção noturna de Amanda SchArr (gravura insólita), Guilherme Cruz (palavras insólitas) e Fernanda Costa (presença espiritual insólita). 

Share/Bookmark

5 de mai de 2010

Sinal fechado


"Eu vou indo, correndo pegar meu lugar no futuro... E você?"












Foto por Amanda SchArr


Share/Bookmark

1 de mai de 2010

Pois é,



amor ficou pequeno

Mas agora
sobra espaço na  s a l a.



Por Pagouche (Uma Ilustre)


Share/Bookmark