19 de nov de 2009

Goio-en Vídeo


O termo “cinematográfica” aparece nesse manifesto como agregador de idéias solitárias, de grupos isolados que resolveram se unir na dura batalha que é produzir cinema e vídeo no Planalto Médio. 

Ao vermos tantos projetos, roteiros, vídeos e experimentações sendo engavetadas, sem ao menos ter sentido o prazer de ouvir um “gravando!”, estamos abrindo o espaço para exibições em nossa telona. 

A democratização estética do audiovisual passa por cadeiras colocadas numa das praças de maior movimentação de Passo Fundo, a Praça Tochetto que une tantas pessoas terá o papel de ser o cenário para construção de um movimento. Movimento que inclui curtas-metragens, documentários, longas, vídeos experimentais, vídeo-arte, vídeo de celulares e tudo mais que for palpável por nossas retinas que buscam dialogar com o público. 

A união e a aposta feita pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo, através da Secretaria de Desporto e Cultura - SEDEC, demonstra um ambiente propício para quem sempre desejou expor seu trabalho. A realização, pela SEDEC, do programa Cinema no Teatro propiciou, desde o início de 2007, debates sobre o cinema nacional. Por isso as dificuldades passadas desde o “rec” até criação do “movie” serão facilitadas por outro movimento contínuo a mostra, com uma oficina de iniciação a linguagem audiovisual trazendo ao público o primeiro contato com a criação imagética. E um seminário que fomentará a nossa próxima mostra em 2010. 

Da primeira edição ficou o início de uma movimentação, e uma provocação aos produtores da cidade e região. E com isso chamamos atenção, criando um espaço sem fronteira por termos recebido produções do Pará, São Paulo e Rio de Janeiro. Totalizando 35 trabalhos divididos em três noites.  

Passo Fundo, que sempre teve na Literatura e no Folclore centros culturais, e dá continuidade ao espaço para o audiovisual na 2ª Mostra Goio-en Vídeo.


Informações pelo (54) 3312.1426 e inscrições no portal: www.pmpf.rs.gov.br, até o dia 1° de dezembro!


Por Guilherme Cruz

Share/Bookmark

3 comentários:

Amanda SchArr disse...

A constar: Gui Cruz é o atual responsável pela área audiovisual da SEDEC e um dos idealizadores da Goio-en. O espaço é um grande avanço para a cultura local e a participação no evento, tanto como público quanto na divulgação de produções, vale muito a pena.

Morgana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Sempre metido a Spielberg. Beijo da Morgana!